Baixa umidade do ar preocupa moradores e exige cuidados no Sul de Minas

11/09/2019

A umidade do ar deve permanecer baixa nos próximos dias e exige cuidados em cidades do Sul de Minas. De acordo com a Somar Meteorologia, o nível deve ficar entre 12 e 17%, o que exige cuidados especiais com a saúde, principalmente com as crianças e idosos.

Ainda conforme a empresa, Passos, Varginha, Itajubá, Poços de Caldas e Lavras têm previsão de umidade no ar de até 17%.

Segundo o médico Alberto Severo de Paiva Filho, a baixa umidade pode deixar as vias aéreas irritadas, já que o ar fica poluído e com muitas partículas em suspensão.

A situação favorece também doenças respiratórias e as infectocontagiosas como, por exemplo, a conjuntivite.

“As doenças virais tem propensão maior de serem transmitidas entre as pessoas nessas condições. Idosos e crianças são os grupos mais vulneráveis. São faixas etárias mais propensas as complicações e a transmissão de doenças relacionadas à baixa umidade doa ar”.

Alberto alerta também para a importância da hidratação.