Vereador João Paulo Felizardo cria Instituto de Amparo a Criança e a Família

16/12/2015

O vereador João Paulo Felizardo e sua esposa Danielle Alessa Rezende Felizardo passaram recentemente por um drama familiar, eles perderam o filho João Antônio. O casal buscou força em Deus para poder suportar o sofrimento. Eles contaram também com o apoio de amigos e de pessoas desconhecidas que compartilharam com eles este momento de profunda dor.

Agora o casal quer criar uma instituição que tem como objetivo ajudar famílias e crianças que necessitam de amparo e desta forma, homenagear o pequeno João Antônio, que deixou este mundo prematuramente, mas que no pouco tempo de vida terrena, mostrou ao casal o verdadeiro sentido de amor paterno e materno.

O casal está trabalhando para fundar o Instituto de Amparo a Criança e a Família, uma instituição civil de caráter humanitário, sem fins lucrativos, com o objetivo de implementar a promoção do bem-estar social e do desenvolvimento social da criança de 0 a 12 anos bem como sua família.

4 joao_paulo_felizardo_daniele_rezende
De acordo com João Paulo Felizardo, o trabalho será mediante a assistência social e psicológica, combate à pobreza, além de promover o desenvolvimento do espírito voluntário, através de oficinas, atendimentos sociais, cursos e palestras a crianças e seus familiares e também permitir-lhes o acesso a programas de assistência a saúde e ao bem estar social; incentivar a disseminação também de um espírito de cooperativismo e de associativismo entre entidades, grupos, institutos e organizações sociais com vista à constituição de sociedades cooperativas destinadas à mútua promoção social, entre outras ações de extrema importância como o amparo psicológico e humanitário em casos em que a família perde a criança e precisa conviver com esta situação, buscando sempre o entendimento.

Nestas condições o Casal convida a todos para a Assembléia de Fundação que acontecerá no dia 20 de Dezembro as 9hs a Rua Silvio Modesto de Souza 221 no Bairro Nova Lavras (Em Frente a Paróquia Ns de Fátima, com a seguinte ordem do dia: Leitura e Analise do Estatuto; Apreciação do Estatuto e Eleição da Diretoria