Variante Delta representa metade dos casos de Covid avaliados em Minas

Publicado em 23/09/2021

 

 

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, afirmou, nesta quinta-feira (23), que a variante Delta do coronavírus já representa metade das amostras de Covid-19 em estudo genômico realizado no território mineiro. A declaração foi dada durante entrevista coletiva realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

Até o momento, segundo dados divulgados pelo governo, 415 casos da doença foram registrados em 109 municípios mineiros. Sete pessoas morreram. Ainda segundo o chefe da pasta estadual, a expectativa é que a Delta se torne mais comum em breve.

“Hoje, metade do estudo genômico é de Gama e a outra metade é de Delta. Nosso estudo tem uma triagem que aumenta a possibilidade de Delta. Como expectativa nossa, foi confirmada que a cepa realmente vai se tornar a variante mais comum”, disse Fábio Baccheretti, que considerou, no entanto, que o aumento da mutação no Estado não vem modificando o cenário epidemiológico.

“Não vem mudando o cenário assistencial do Estado. Mas o que vale a pena dizer é: máscara, ainda é necessário o uso de máscara, que é a medida eficaz de prevenção para qualquer variante”, concluiu.

Veja também