UFLA está entre as melhores universidades do mundo segundo o ranking Times Higher Education

Publicado em 02/10/2015

TimesHigherEducation1

 

A Universidade Federal de Lavras (UFLA), uma instituição do interior do Estado de Minas Gerais, de pequeno porte quando levado em consideração o número de alunos (13 mil), com apenas 21 anos na condição de universidade, está entre o seleto grupo das melhores universidades do mundo. A UFLA é uma das 17 universidades brasileiras na lista do Times Higher Education (THE) 2015-2016, o mais destacado no mundo. O ranking foi divulgado na tarde dessa quarta-feira (30/10).

Pela primeira vez no ranking, a UFLA deve celebrar a conquista, destacada até mesmo pelo editor do THE World University Rankings, Phil Baty: “The Times Higher Education World University Rankings, now in their 12th year, apply rigorous standards, using tough global benchmarks across all of a global research university’s key missions – teaching, research, knowledge transfer and international outlook. The results are trusted by students and their families, academics, university leaders and governments. For Federal University of Lavras to make 601-800 in the world is an outstanding achievement to be celebrated.” (trecho original do document enviado à Universidade).

Em resumo, em sua 12ª edição, o ranking aplica padrões rigorosos, utilizando benchmarksglobais em todas as áreas de excelência de uma universidade de pesquisa global: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.  Alunos, familiares, acadêmicos, gestores e governo podem confiar nos dados apresentados. Para a UFLA, estar no bloco de 601-800 no mundo é uma conquista notável para ser comemorada.

Para o reitor da UFLA, a inserção neste seleto grupo das melhores instituições do mundo é um orgulho que deve ser compartilhado. “É certamente um sinal de que o sonho ousado de aparecer para o mundo, em posições de ainda mais destaque, nas próximas décadas, pode ser concretizado. Temos muito orgulho de fazer parte de um time que faz da UFLA uma instituição cada vez melhor e cada vez mais reconhecida. Este é apenas o começo do nosso sonho e uma das maiores conquistas da Instituição”, enfatizou Scolforo.
Avaliando o desempenho no ranking, o diretor de Relações Internacionais, professor Antonio Chalfun Júnior e o coordenador do Programa de Internacionalização, professor João José Marques, destacam a UFLA em diferentes aspectos, sobretudo, por estar no seleto grupo das melhores instituições de ensino superior do País. Além disso, destacam que os dados são referentes a 2012/2013, podendo avançar nas próximas avaliações.O The World University Rankings são gerados a partir de cinco pilares, representando as área de excelência do ensino superior: ensino, pesquisa, citações, investimento da indústria e perspectiva internacional. Na UFLA, o pilar mais bem conceituado foi o de Ensino, ranqueada na 438ª posição no mundo, seguida da pesquisa, na 532ª posição. Embora tenha um número significativo de publicações, o ponto que ainda deve ser mais trabalhado se refere ao número de citações. Outro desafio da Instituição é ampliar a relação com empresas privadas.

Valorização internacional

O ranking THE avaliou instituições do mundo inteiro e listou as 800 melhores. A partir do 200º lugar, as universidades são divididas por faixas entre as posições, não mostrando a real colocação. Segundo o ranking, apesar de ter caído posições, a Universidade de São Paulo (USP) é a melhor universidade do Brasil na posição 251-300. Seguida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Entre as 17 instituições brasileiras que aparecem no ranking, a UFLA está no bloco juntamente com as universidades federais: de Brasília (UnB), Bahia (UFBA), Minas Gerais (UFMG), Paraná (UFPR), Rio Grande do Sul (UFRS), Santa Catarina (UFSC), São Carlos (UFsCar), Viçosa (UFV), além da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e das Pontifícias Universidades Católicas do Paraná e Rio Grande do Sul.

No ranking mundial, a americana California Institute of Technology lidera entre as melhores em 2015. Ela é seguida pela britânica University of Oxford, Stanford University (EUA), University Of Cambridge (Reino Unido) e Massachusetts Institute of Technology (EUA). Harvard University, que geralmente lidera os rankings internacionais, aparece na 6ª posição.

Entre os BRICs, a China lidera com 37 universidades no ranking deste ano. A UFLA contribui para o Brasil aparecer em segundo, com 17 instituições, enquanto Rússia e Índia têm 13 listadas cada. Na América Latina, o Brasil é o país com maior número de universidades representadas no ranking. Argentina, Colômbia e México têm duas instituições cada e o Chile tem seis.

Para listar as 800 melhores instituições do mundo, o Times Higher Education leva em consideração, entre outros indicadores, o número de artigos publicados, citações, titulação e reputação de professores.

 

Fonte: Ascom/Ufla

Veja também