Suspeito de manter laboratório de refino de drogas se entrega à polícia

30/07/2020

Um homem suspeito de manter um laboratório de refino de drogas na zona rural de Carmo da Cachoeira (MG) se entregou à polícia na segunda-feira (29). Ele foi com o advogado até a sede da delegacia da Polícia Civil em Varginha (MG).

Com um mandado de prisão em aberto, o suspeito foi preso e levado ao Presídio de Elói Mendes (MG). A Polícia Civil informou que segue com as investigações.

Laboratório

O laboratório de refino de drogas foi descoberto pela polícia na zona rural de Carmo da Cachoeira no dia 22 de julho. Os policiais chegaram ao local após uma denúncia de caça e tráfico de animais.

No local, foram encontrados os 26 mil papelotes de cocaína, uma pistola calibre 380, nove munições, eletrodomésticos, celulares, caderno de anotações e outras embalagens. Os policiais ainda encontraram mais 15 quilos de cocaína.

Na data, o suspeito conseguiu fugir. A esposa dele foi presa em flagrante.

A suspeita é que o ponto de apoio ao tráfico de drogas já existia há pelo menos oito meses, quando um casal e três crianças passaram a morar no local. As crianças que estavam na casa foram entregues à avó materna.