Stanley Gusman, apresentador da TV Alterosa, morre de COVID-19

11/01/2021

 

 

O apresentador da TV Alterosa Stanley Gusman morreu na noite deste domingo (10/01) em decorrência de complicações da COVID-19. O comunicador, de 49 anos, estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Villa da Serra, em Nova Lima, na Grande BH. A notícia foi confirmada por volta das 22h30.

“Minas perdeu um grande jornalista. Um representante das classes menos favorecidas que estava sempre aberto para tentar melhorar a vida de cada um. A TV Alterosa e todo nosso grupo estão entristecidos. Perdemos um grande companheiro, uma voz de extrema importância para a nossa comunicação”, lamentou o diretor-presidente dos Diários Associados, Álvaro Teixeira da Costa. “Stanley ficará para sempre em nossos corações. Muito obrigado por tudo que você fez por nós e por Minas Gerais. Que Deus lhe receba com os braços abertos”, complementou.

“Essa notícia trouxe uma profunda tristeza para todos nós, dos Associados, em especial da TV Alterosa. Perdemos um companheiro leal, amigo de todos da casa. A Covid cala uma voz eloquente. Stanley se junta aos trágicos números dessa pandemia, mas os ideais dele não serão esquecidos. Que Deus conforte sua mulher, seu filho e toda a família”, afirmou o diretor-geral da TV Alterosa, Geraldo Teixeira da Costa Neto.Continua depois da publicidade

“Particularmente, perdi um grande amigo em pouco tempo. Ficamos muito amigos, quase irmãos: Stanley era uma pessoa de fino trato, de honestidade ímpar, incapaz de fazer qualquer coisa contra alguém”, lembrou o diretor comercial dos Diários Associados, Mário Neves, destacando ainda que Stanley era um marido exemplar e um pai extremamente amoroso. “Uma perda lastimável. Nós estamos muito tristes, é uma notícia muito sofrida.”

O jornalista teve o diagnóstico confirmado antes da virada do ano. Na última segunda-feira (04/01) foi levado ao hospital e diretamente direcionado para a UTI. Na quarta-feira seguinte, apresentou melhoras, mas, no dia seguinte, piorou novamente. A equipe médica esclareceu que Stanley teve uma infecção secundária, decorrente da COVID-19.

“Ele lutou contra a doença. Como de praxe, é um lutador. E um grande amigo de todos”, disse o superintendente da TV Alterosa, Luis Eduardo Leão. Em nome dos colegas de profissão, dos companheiros na TV Alterosa e do público, ele contou sobre o sentimento de perplexidade que todos compartilham com a notícia. “Estamos tentando assimilar essa perda. Todos muito tristes. A família Alterosa perdeu um grande lutador e um dos maiores comunicadores de Minas Gerais”, declarou.

Fonte: Joana Gontijo/ Portal Uai