Sob coro de “Conceição”, Cauby Peixoto é enterrado em São Paulo

16/05/2016

O cantor Cauby Peixoto foi enterrado às 16h10 desta segunda-feira (16) no cemitério Congonhas, na zona sul de São Paulo.

A cerimônia foi rápida e acompanhada por cerca de 200 pessoas, após ummovimentado velório na Assembleia Legislativa de São Paulo.

No enterro, destacou-se a voz do cantor Roberto Leal. Minutos depois do sepultamento, o português puxou um coro de “Conceição”, maior sucesso da carreira de Cauby. A mesma música foi cantada por amigos, fãs e familiares enquanto o corpo seguia para o jazigo.

“Os anjos neste momento batem palmas para Cauby. Você vai e sua voz fica nos nossos corações”, declarou Roberto Leal. O cantor também relembrou um dos últimos encontros que teve com Cauby.

“Recentemente estive um show dele. Ele nos ensinou muito. Uma coisa que vai ficar para sempre é que ele me disse para falar com a voz da alma. A gente só se entende quando fala pela alma. Havia uma doçura na sua voz. Que o Brasil nunca se esqueça do mestre, um dos seus maiores ídolos que nos deixou”, lamentou Leal.

Despedida

Cauby morreu às 23h50 deste domingo (15), aos 85 anos, em São Paulo. Ele estava há uma semana internado no hospital Sancta Maggiore, no Itaim Bibi. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a causa da morte foi pneumonia.

Seu velório começou às 9h desta segunda-feira (16) e se estendeu até 15h30. Entre os presentes, Angela Maria foi a que causou a maior comoção. A cantora de 87 anos foi recebida na Assembleia Legislativa de São Paulo sob uma salva de palmas. A dupla estava em turnê com o show “120 Anos de Música” e tinha uma apresentação marcada para este sábado (21) na Virada Cultural de São Paulo.

Além de Angela Maria, também estiveram presentes no velório os cantores Agnaldo Timóteo, Agnaldo Rayol e Jerry Adriani. A senadora Marta também foi prestar suas condolências. O músico Supla chegou minutos depois de sua mãe, acompanhado pelo pai, o político Eduardo Suplicy.

Lillian Gonçalves, filha do cantor Nelson Gonçalves, foi uma das primeiras a chegar ao velório. Já a empresária de Cauby, Nancy Lara, e Daniel D’Ângelo, marido de Angela Maria, foram os responsáveis por receber o corpo na Assembleia no início da manhã.

Durante toda a manhã e tarde desta segunda-feira (16) fãs, curiosos e amigos circularam pelo velório. Por volta de 15h30 o corpo foi levado por um caminhão do Corpo de Bombeiros para o cemitério Congonhas, onde foi sepultado.

Fonte: Uol