Professores da UFLA são homenageados no maior evento sobre a cultura do café no Brasil

05/11/2019

 

 

Os pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Edson Pozza, do Departamento de Fitopatologia (DFP), e Flavio Borém, do Departamento de Engenharia (DEG) receberam o mérito cafeeiro durante o 45º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, que ocorreu entre os dias 29/10 e 01/11, em Poços de Caldas-MG. A homenagem foi conferida a personalidades da cafeicultura e colaboradores da pesquisa na área do café.

O professor Edson Pozza ressaltou que a homenagem é reconhecimento de décadas de trabalho. “Estamos envolvidos em gerar inovação e tecnologia no controle doenças do cafeeiro, sempre em estreita parceria com os produtores, técnicos e a realidade do campo. Esse trabalho tem resultado na produção de vários artigos científicos destinados ao manejo de doenças de plantas”, explicou o pesquisador.

Em suas palavras de agradecimento, o professor Flávio Borém também reforçou os anos de dedicação a melhoria da qualidade desse produto. “Receber a homenagem foi motivo de alegria, que compartilho com todos os colegas, estudantes e técnicos com quem colaborei nesses 22 anos de pesquisa dedicados à pós-colheita e qualidade do café. Sou grato à Fundação Procafé por essa homenagem.”

Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras

O evento, que é o maior do Brasil sobre a cultura do café, tem por objetivo reunir equipes para discutir e transferir novidades tecnológicas para o setor cafeeiro por meio da apresentação de resultados de pesquisa e inovações da cafeicultura. A UFLA é uma das instituições parceiras para a organização do evento.

Na edição que se comemora 45 anos do congresso, o tema foi “Mais tecnologias cafeeiras, nas cores brasileiras”. Na abertura foi promovido um debate sobre a situação cafeeira, além do lançamento de duas novas cultivares de café.  A programação incluiu, ainda, a realização de 03 seminários, debates e dia de campo.

Texto: Greicielle dos Santos – bolsista Dcom