Polícia registra dois casos de pedofilia em Lavras e região em menos de 15 dias

16/09/2019

 

 

A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, por intermédio da 1ª Delegacia Regional de Lavras, prendeu dois suspeitos de praticarem o crime de abuso sexual contra menores de idade.

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro caso aconteceu na cidade de Ijaci, no dia 11, quando houve a prisão de um produtor rural por suspeita de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos. A polícia investiga também se houve participação no crime do irmão da vítima e outros dois suspeitos. O homem foi preso.

Dois menores, de 11 e 12 anos, também sofreram abuso sexual em Lavras no último dia 15. Segundo a polícia, o crime aconteceu em um clube da cidade. O suspeito, um homem de 43 anos, teria passado as mãos nas partes intimas das vítimas. A polícia informou que ela estava alcoolizado no momento do ato. Ele foi preso e aguarda julgamento.

“A maioria dos casos de abusos sexual contra menores de idade são praticados por pessoas da família ou por pessoas próximas. Nestes casos as vítimas costumam apresentar mudanças de comportamento em casa e na escola. Muitas vezes ficam agressivas e retraídas. Os familiares precisam saber perceber estes sinais”, afirmou Dra. Ana Paula Arruda.

 

Em ambos os casos, caso condenados pela Justiça, os suspeitos podem pegar até 15 anos de prisão.   A delegada Dra. Ana Paula Arruda informou que os pais precisam ficar atentos com relação ao comportamento dos filhos em casos de pedofilia.

“A maioria dos casos de abusos sexual contra menores de idade são praticados por pessoas da família ou por pessoas próximas. Nestes casos as vítimas costumam apresentar mudanças de comportamento em casa e na escola. Muitas vezes ficam agressivas e retraídas. Os familiares precisam saber perceber estes sinais”, afirmou Dra. Ana Paula Arruda.

A delegada orientou as pessoas a procurarem 1ª Delegacia Regional de Lavras quando casos dessa natureza ocorrem. Ele informou que as vitimas recebem atendimento psicológico especializado. O telefone da delegacia é (35) 3694 -2146.

Você também pode gostar