Polícia conduz menor após conflito escolar

11/04/2019

 

 

Quinta feira (11), às 09:40, os militares estiveram no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), após receberem uma ligação anônima informando que um aluno estaria ameaçando outros estudantes.

No local a equipe fez contato com o diretor, o qual informou que um aluno de 15 anos teria saído da sala de aula sem a permissão do professor. Segundo relato de alguns alunos, logo após este fato, eles teriam recebido mensagens ameaçadoras do colega em seus aparelhos celulares.

A equipe então iniciou o rastreamento, encontrando o adolescente na Rua Ana Idalina. Com a aproximação da viatura policial, o rapaz arremessou seu aparelho celular na rua, sendo este danificado por um veículo que trafegava no momento.

Ele foi submetido a uma busca pessoal, contudo nenhuma arma ou objeto ilícito foi encontrado.

Em conversa com o menor, este revelou que estaria passando por problemas, sendo que enquanto estava na escola, ele havia enviado uma mensagem pedindo ao seu pai que lhe retirasse dali, devido a conflitos com outros alunos.

Ele contou que logo após sair da sala de aula, dois colegas lhe enviaram mensagens perguntando o que estava acontecendo, ao que ele respondeu dando a entender que se vingaria de todos.

O adolescente foi então conduzido até a Delegacia na companhia de seus pais para que o fato fosse apurado e esclarecido.

A direção da instituição de ensino se colocou à disposição da Autoridade Policial para auxiliar na apuração do ocorrido.

Imagem ilustrativa

Você também pode gostar