PMMA localiza pássaros em situação de Maus Tratos

Publicado em 20/12/2021

 

 

Após o recebimento de denúncia unificada, hoje, 20/12/2021, a Polícia Militar do Meio Ambiente desencadeou operação na cidade de Santana do Jacaré, a fim de  averiguar informações sobre cativeiro irregular de pássaros da fauna silvestre nativa. As referidas informações ainda alertavam sobre a existência de pássaros recém capturados na região, em locais específicos, no qual utilizavam-se de outros animais já em cativeiros como “chama”.

Importante frisar que, as denúncias recebidas se confirmaram, e em virtude delas foram apreendidas 02 armadilhas conhecidas como alçapão, que estavam com sinais de uso frequente, possuindo em seus interiores farelos de milho que eram utilizados como isca. As informações narradas nas denúncia foram confirmadas pelo autor, que afirmou utiliza-las em sua própria residência.

Os animais foram encontrados em situação de Maus Tratos, em gaiolas inadequadas, com acúmulo de fezes, sem alimentação coerente e com águas turvas e  inapropriadas para dessetentação animal.

Salienta-se que,  decorrente da operação foram realizada a fiscalização de diversos alvos, além de abordagens a veículos e transeuntes suspeitos pelas áreas vicinais do município de Santana do Jacaré.

Diante dos fatos, foram apreendidos: 03 pássaros silvestres da espécie Coleirinha, 03 passáros da espécie Canário da Terra  e 01 passáro da espécie Papa Capim todos estes pertencentes à fauna silvestre brasileira. Os animais foram avaliados por médico veterinário competente, a fim da constatação da sanidade destes , sendo, posteriormente, soltos  a seu habitat natural. Também foram apreendidas 07 haiolas e 02 armadilhas, as quais foram imediatamente destruidas e descartadas em local ambientalmente correto, conforme determina a legislação vigente.

A polícia Militar de Meio Ambiente orienta e agradece a  todos os cidadãos Santanenses da constante necessidade de proteção a nossa Fauna  Silvestre Nativa.

Seja um defensor do Meio ambiente. Informações e denúncias à Polícia de Meio Ambiente podem ser feitas pelo telefone (35) 3832-7322 ou pelo e-mail: [email protected]

Polícia Militar de Minas Gerais. Nossa profissão, sua vida.

Veja também