Ufla: Pesquisa mostra que consumo de pólen pode acelerar o câncer de pele

Publicado em 04/08/2022

 

 

O pólen de abelha, conhecido popularmente por seus benefícios como antioxidante, anti-inflamatório e antimicrobiano, foi testado como suplemento alimentar em Peixe-Zebra (Danio rerio), espécie usada em estudos sobre doenças humanas, por pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em parceria com a Universidade de Múrcia (UMU), da Espanha. O objetivo foi conhecer a influência do uso do pólen na composição da microbiota do intestino e o desenvolvimento do melanoma, um câncer de pele agressivo e maligno que pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Os resultados e outras informações sobre a pesquisa você confere no site Ciência UFLA.

Veja também