Peregrino que há 24 anos caminha pelo Brasil esteve em Lavras

11/07/2015
Antonio Pereira, 69 anos: anadar pelas estradas do país.
Antonio Pereira, 69 anos: anadar pelas estradas do país.

Antonio Pereira, 69 anos: anadar pelas estradas do país.

A vida dele é andar por esse país para cumprir uma promessa feita a Nossa Senhora Aparecida. Antônio Pereira, 69 anos, trabalhador rural nascido em Porto Velho (RO), cruza as estradas de asfalto e terra há 24 anos a pé.

Depois de receber uma cura milagrosa de um câncer na garganta por intermédio da Padroeira do Brasil em 1991, o idoso decidiu propagar a devoção a santa em sinal de agradecimento e fé. Passou por mais de 500 municípios. A caminhada o levou também ao Uruguai, Argentina, Bolívia e Paraguai.

“Não tenho patrocínio, nem dinheiro. Faço tudo contando com a ajuda das pessoas de bom coração. Faço uma média de sete quilômetros por hora, e posso dizer que não tem estrada que me segure”, disse.

Ela já perdeu a conta de quantos pares de tênis já utilizou para fazer as caminhadas e também as vezes que foi assaltado na estrada. No último deles teve os dentes quebrados e o celular roubado por um bandido na cidade de Trindade (GO). Nada, no entanto, perturba o seu sossego.

Depois de chegar a Lavras nesta sexta-feira, dia 10, deu entrevistas para emissoras de rádio e TV, conseguiu dinheiro para pagar a conta de um quarto de hotel e também almoçar na cidade. Ele contou que a peregrinação chegou ao fim e que pretende voltar para casa em breve.

“Vou aparecer no Programa do Ratinho (SBT) na próxima semana. Ele vai pagar a passagem de avião para mim retornar para Porto Velho. Sinto que a minha missão foi cumprida”, contou de forma emocionada.

Antônio Pereira nasceu em Matão, no interior de São Paulo, mas se mudou com a família para Rondônia com 16 anos de idade. Ele conta que o clã é dono de uma fazenda de 500 hectares em Porto Velho. Casado com Ilda Rodrigues Pereira, ele tem dois filhos, o advogado José Carlos Pereira, e a professora Cristiane Pereira.