‘Notícia’ sobre escala de janeiro de servidores de MG é falsa

05/01/2019
A montagem alterou o título e data de uma matéria produzida pelo EM. Clique para ampliar (foto: Reprodução).

É falsa a imagem que circula nas redes sociais, e foi enviada a alguns servidores públicos, de uma suposta “notícia” sobre escala de pagamento de janeiro, na qual usaram indevidamente a marca do jornal Estado de Minas. O governo de Minas, sob a gestão de Romeu Zema (Novo) iniciada em 1º de janeiro, ainda não tem as datas de quando o funcionalismo vai receber os contracheques. O EM.Com esclarece que o “print” com os dados atribuídos ao jornal é uma montagem, já que nunca foi produzido por sua equipe.

A imagem enviada aos servidores como se fosse uma notícia da sexta-feira (4) na verdade é uma montagem com um link do dia anterior, cujo título original é “Entenda por que Zema não pode cumprir promessa de ficar sem receber salário”.

É montagem


À direita está o texto sobre a escala de 2018, usado como base para produzir a notícia falsa(foto: Reprodução)

O leitor mais atento pode observar no canto de cima à esquerda que parte do título foi esquecida na imagem pelo autor da montagem. Outro erro perceptível é que, no suposto link consta a data do dia anterior, quando a matéria alterada foi publicada.

O texto usa fonte diferente da do jornal e também copia parte de notícia de 2018 com a escala de janeiro daquele ano.

O jornal Estado de Minas repudia o uso de sua imagem para a produção de fake news.

E nota, o governo de Minas reafirmou neste sábado que ainda não há uma previsão para a divulgação da escala verdadeira de janeiro, relativa ao mês trabalhado em dezembro.

“Sobre a escala de pagamento de dezembro e o 13º salário de 2018, o Governo de Minas Gerais informa que é compromisso da atual administração trabalhar, prioritariamente, para colocar em dia o quanto antes essa conta não honrada pela gestão anterior. A Secretaria de Fazenda faz a análise, neste momento, da realidade financeira do Estado de Minas Gerais, para informar, com segurança, precisão e transparência, a data do pagamento. todos os esforços estão sendo feitos para que o 13º salário seja pago ainda neste ano”, diz a nota.

Sem enganação

Pelo Facebook, Zema disse compartilhar da indignação dos servidores que trabalharam e não receberam o 13º e, até então, o salário de janeiro pelo mês de dezembro. “Estou abrindo a caixa preta das finanças do estado para saber o tamanho real do rombo, mas faço aqui um compromisso que, assim que tivermos as informações completas, daremos a programação real, verdadeira, sem enganação, de como faremos os pagamentos deixados em atraso pela administração anterior. Farei isso com a máxima prioridade e com a absoluta transparência, pois compartilho do sofrimento dos trabalhadores de nosso estado”, disse.

Como identificar fake news?

A responsabilidade por passar adiante os boatos é das pessoas. Separamos algumas dicas para te ajudar a não cair na armadilha de compartilhar conteúdos falsos.

Fonte: Juliana Cipriani/estado de Minas

Você também pode gostar