Minas tem 20 novos infectados coronavírus, casos suspeitos ultrapassam 17 mil

26/03/2020

 

 

Já são 153 casos confirmados de coronavírus em Minas Gerais, 17.409 sob investigação. Em Belo Horizonte, há 96 infectados – seis a mais desde quarta-feira (25).

As informações são da Secretaria de Estado de Minas Gerais (SES/MG), divulgadas na manhã desta quinta (26). Não há registro de mortes. O boletim da SES/MG não diz se há óbitos investigados para a doença.

Em relação ao último balanço, a alta de infecções é de 15%. Na quarta (25), eram 133 contaminados, contra os 153 contabilizados hoje.

A curva de novos diagnósticos positivos voltou a subir no estado após leve queda nos dias 24 e 25. São 20 novos casos registrados em 24 horas, contra 3 novas infecções diárias notificadas nos dois últimos informes epidemiológicos.

O salto no total de casos investigados é ainda notável: 3.100 novas suspeitas em comparação com o relatório anterior, que contabilizava 14.227 investigações.

Homens jovens na berlinda

Segundo o documento da SES/MG, a faixa etária com maior número de doentes é a de 20 a 59 anos. São 128 pacientes – ou 83,7% do público total.

Na faixa de 60 a 79 anos, são 24 casos – 15,7% das infecções. Nenhuma criança, adolescente ou maior de 80 anos contraiu o vírus até o momento.

Distribuição no estado

Ainda de acordo com o levantamento, a grande maioria dos casos de COVID-19 em Minas continua concentrada em Belo Horizonte – 96 casos reportados.

A segunda posição do ranking é ocupada pelo município de Nova Lima, na Região Metropolitana, com 11 infectados.

A cidade é seguida por Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, com 8 casos, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 7 registros. Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, e Boa Esperança, no Sul de Minas, relataram suas primeiras infecções nesta quinta (26).

Até o momento, 21 cidades mineiras relataram registros da doença. As demais contaminações foram verificadas em:

Betim (3)
Bom Despacho (1)
Campos Altos (1)
Contagem (2)
Coronel Fabriciano (1)
Divinópolis (2)
Ipatinga (1)
Lagoa da Prata (2)
Mariana (2)
Patrocínio (1)
Poços de Caldas (1)
São João Del Rei (1)
Sete Lagoas (2)
Timóteo (1)
Uberaba (3)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte detém o maior número de cidades com registro da COVID-19 – cinco, no total. Acompanhando a RMBH, vêm o Vale do Rio Doce (5 municípios), Região Centro-Oeste (3), Triângulo Mineiro (2), Região Central (1) e Alto Paranaíba).

NÚMEROS DO CORONAVÍRUS EM MINAS*

Infecções e suspeitas
153 infectados
17.409 casos suspeitos
Nenhuma morte
Aumento de infectados em 10 dias: 2.085%

Perfil epidemiológico
Sexo
90 homens
63 mulheres

Faixa etária
128 de 20 a 59 anos
24 de 60 a 79 anos

Ranking por cidade

Belo Horizonte (96)
Nova Lima (11)
Juiz de Fora (8)
Uberlândia (7)
Betim (3)
Uberaba (3)
Contagem (2)
Divinópolis (2)
Sete Lagoas (2)
Mariana (2)
Lagoa da Prata (2)
Boa Esperança (1)
Bom Despacho (1)
Campos Altos (1)
Coronel Fabriciano (1)
Governador Valadares (1)
Ipatinga (1)
Patrocínio (1)
Poços de Caldas (1)
São João Del Rei (1)
Timóteo (1)
Em investigação (5)

Regiões afetadas

Região Metropolitana – 5 municípios
Vale do Rio Doce – 4 municípios
Centro-Oeste – 3 municípios
Triângulo Mineiro – 2 municípios
Alto Paranaíba – 2 minicípios
Região Central – 1 município

Sem registro: Noroeste, Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri, Oeste, Sul, Sudoeste, Campo das Vertentes e Zona da Mata

*Fonte: Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – boletim divulgado em 26/3, às 13h

Fonte: Cecília Emiliana/Portal Uai