Minas Gerais tem número de vendas de carros maior que SP

Publicado em 05/10/2021

Se você tivesse de apostar, você diria que Minas Gerais tem número de vendas de carros maior que SP? É muito provável que você respondesse que não. Afinal, há certa lógica nessa negativa: o estado de São Paulo é o mais populoso do país, com 44 milhões de habitantes. É mais do que muitos países. No entanto, você estaria errado, já que hoje Minas Gerais realmente vende mais veículos do que a terra paulista.

Isso não quer dizer que o seu palpite foi ruim. Pelo contrário: você teria acertado a resposta há alguns meses. O que acontece é que o estado de Minas Gerais passou a ultrapassar São Paulo em emplacamentos nos últimos meses, se tornando o estado campeão de emplacamentos no Brasil. Surpreendente, considerando que Minas não é o estado mais populoso do país (mas sim o segundo lugar!).

Quer entender por que Minas Gerais tem número de vendas de carros maior que SP no momento? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Por que Minas Gerais tem número de vendas maior que SP: 3 motivos

1. Ajuste fiscal

Um dos principais elementos que fez com que Minas Gerais passasse a vender mais carros do que São Paulo foi o ajuste fiscal feito recentemente no estado paulista, que elevou a carga tributária sobre os automóveis, aumentando seu custo e, portanto, reduzindo a demanda do segmento.

É importante entender que, em economia, quanto maior o custo, menor a demanda. Ainda que muita gente queira comprar um veículo, o custo mais alto pode fazer com que essa aquisição seja inacessível ou que não “valha a pena” para o consumidor.

Com o aumento de alguns impostos no estado de São Paulo, especialmente o ICMS, o preço dos automóveis aumentou comparativamente ao de outros estados, o que reduziu a demanda interna.

Na prática, quando comparado a outros locais, comprar em São Paulo se tornou menos vantajoso e mais dispendioso para o consumidor. É claro que só isso não faz com que a aquisição seja impossível ou menor do que a de Minas Gerais, mas é um fator que contribui.

2. Instalações da Fiat

Outro elemento que contribui para Minas Gerais vender mais carros é o fato de que o estado tem uma fábrica da Fiat na cidade de Betim. Isso pode parecer irrelevante, mas faz muita diferença.

Para começo de conversa, a Fiat é praticamente a única montadora que está vendendo mais ou menos perto do que se vendia pré-pandemia. A empresa montou um plano muito bem executado para conseguir passar por essa crise com o mínimo de danos possível e, atualmente, domina por completo o mercado nacional. Portanto, as vendas dentro do estado são alimentadas justamente pela empresa que mais produz no momento.

Um dos principais segmentos de consumo desses carros são as empresas, que decidem comprar modelos de carros da Fiat para a sua frota porque é mais barato fazer a aquisição internamente. Isso faz com que empresas com presença em vários estados comprem em Minas para levar os veículos para outros locais, economizando no processo.

Além disso, para o consumidor padrão, também é mais fácil comprar os automóveis da Fiat ali em Minas Gerais mesmo, pois eles já são produzidos na região e os custos de transporte são menores.

3. População razoável

Por fim, é importante ter em mente que o estado de Minas Gerais pode não ser o mais populoso do Brasil, mas é o 2º com maior população, contando com 21 milhões de pessoas.

No entanto, Minas é também um estado com boa renda per capita, o que faz com que a demanda interna de consumidores finais não seja insignificante. São Paulo, por sua vez, acaba tendo mais gente, mas grande parte das pessoas sofre com a queda de poder de compra que vemos com o aumento da inflação. Ou seja, muitas pessoas de São Paulo simplesmente não conseguem comprar carros no momento porque a crise econômica é muito sensível. Portanto, essas pessoas não são mais tão vantajosas no contexto da disputa entre os dois estados.

Já em Minas Gerais, apesar de sofrer os mesmos problemas da crise econômica federal, a população encara um produto que é mais barato do que o em São Paulo, pelos motivos já citados. Ou seja, o impacto que a situação tem na população é menor. Considerando que o número de pessoas é bem significativo, temos um bom fluxo de vendas, capaz de ultrapassar o paulista.

Pronto! Agora você já viu os 3 motivos que explicam por que Minas Gerais tem número de vendas maior que SP atualmente. Isso não quer dizer que a situação continuará assim nos próximos anos ou meses, claro, mas é um ponto interessante que mostra como muito do que conhecemos do mercado não é tão simples de entender como gostaríamos.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe-o nas redes sociais e grupos de WhatsApp para que mais pessoas tenham essas informações também!

Veja também