Mais uma arma de fogo é retirada de circulação pela Polícia do Meio Ambiente

13/01/2020

A Polícia Militar do Meio Ambiente de Lavras vem incessantemente combatendo os diversos crimes que colocam em risco a população e o meio ambiente. Nesse fim de semana não foi diferente, o policiamento ambiental, atendo às ações de criminosos na zona rural fez a apreensão de uma espingarda, cartuchos e espoletas. Os autores conseguiram fugir embrenhando-se no matagal.

Na tarde de ontem (12 de janeiro) a patrulha ambiental estava fazendo a busca por caçadores na região do Campo Limpo, zona rural de Itumirim, local apontado pela população como zona de caça criminosa. De posse das informações, os militares avistaram dois homens que ao notarem a presença policial se embrenharam na mata, não sendo mais vistos. Para trás os dois deixaram um saco que continha uma espingarda calibre .36, dois cartuchos do mesmo calibre, 30 espoletas, dois frascos com pólvora e esferas de chumbo e oito espigas de milho, usadas como alimento atrativo para animais silvestre vítimas da caça ilegal.

Foram realizadas buscas na região, porém, devido ao local de mata os dois conseguiram se manter ocultos, não sendo mais encontrados. O material foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil que passará a investigar o caso.

A população exerce uma importante função sendo os olhos e ouvidos da Polícia Militar. Criminosos perigosos podem se passar por caçadores, o que ao ver de muitos não trazem perigo à população. Não se iludam, eles esperam a distração e a sensação de calmaria para agirem. Ao saberem de pessoas armadas, pessoas que cometem crimes ambientais e outras modalidades de crime, denuncie. Proteja-se e proteja sua família. Acredite no trabalho da Polícia Militar.

*Denúncias de meio ambiente e crimes ambientais podem ser feitas pelo telefone (35) 3829-2123 ou pelo email [email protected] Não se cale, o crime não pode vencer!*

*Polícia Militar de Minas Gerais: 244 anos. Nossa profissão, sua vida.*