Mais informações sobre o 2º homicídio do ano em Lavras

Publicado em 28/01/2015
Paulo Sérgio Honório de 46 anos, conhecido como "Grilo" foi morto com 10 tiros
Paulo Sérgio Honório de 46 anos, conhecido como "Grilo" foi morto com 10 tiros

Paulo Sérgio Honório de 46 anos, conhecido como “Grilo” foi morto com 10 tiros

Na manhã desta quinta-feira (28), foi registrado o 2º homicídio de 2015, na cidade de Lavras.

Segundo a Polícia Militar, através de denúncias via 190, os militares foram comunicados de que havia um veículo suspeito estacionado na rua Gil de Souza Andrade, Bairro Bela Vista, em Lavras. Os militares foram até o local para apurar, e após consulta ao sistema informatizado , foi constatado que o veículo era produto de um roubo que havia ocorrido na cidade de Divinópolis. O carro com placas PUX-0097, de Divinópolis, foi tomado de assalto ontem (27), à noite naquela cidade, segundo a PM, um dos criminosos invadiu a casa de uma família e roubou o veículo.

Chegando próximo ao local, os militares viram o carro arrancar em alta velocidade e receberam a informação de que tiros haviam sido disparados em uma residência próxima. Ao verificar imóvel, foi constatado que a vítima Paulo Sérgio Honório de 46 anos, conhecido como “Grilo” estava no banheiro da residência, ele foi morto com 10 tiros. Os bandidos esperaram que a companheira de Grilo, de 35 anos, abrisse o portão do imóvel e, nesse momento a renderam e foram atrás da vítima. Uma criança de 11 anos que é filha da mulher, também estava na casa no momento do crime. Devido ao estado de choque em que se encontravam, mãe e filha foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para a Unidade Regional de Pronto Atendimento de Lavras (URPA).

A PM começou então a rastrear os ocupantes do veículo, que fugiram pela Rua Agripino Augusto de Andrade, sentido à rodovia, ocasião em que tomaram a contramão de direção, e na tentativa de furar o cerco, bateram em um trator e, em um caminhão. Devido ao estrago do veículo, os três criminosos fugiram a pé, um deles foi preso pela Polícia, ele estava com uma arma de fogo. Outro bandido entrou em uma mata fechada que fica entre a Vila Murad e o bairro Serra Azul. E o terceiro assaltou um motociclista nas proximidades e levou sua moto.

Os militares realizaram um intenso rastreamento no local até o começo da tarde, mas o bandido não foi localizado. O cerco continua com o apoio de cães adestrados da PM, viaturas da Polícia Militar e da PM Rodoviária e do drone que está sobrevoando a cidade.

Um dos suspeitos de ter participado do homicídio já foi preso pela PM. Foto: divulgação PM

Um dos suspeitos de ter participado do homicídio já foi preso pela PM. Foto: divulgação PM

Segundo a Polícia, o indivíduo que fugiu na moto era de estatura mediana, forte, usava um cavanhaque e possui cabelo preto, ele possivelmente está armado. O outro que fugiu pela mata é magro, alto, com rosto fino e sobrancelhas grossas, trajava na ocasião boné e camiseta amarela, é provável que este criminoso esteja com as roupas sujas de barro.

Drogas foram encontradas pela polícia na residência da vítima

Drogas foram encontradas pela polícia na residência da vítima

Na casa onde ocorreu o crime, os militares encontraram no quintal 6 pedaços compactados de pasta base para cocaína, pesando ao todo cerca de meio quilo da droga, R$12.189,00 em dinheiro, um cartucho intacto com 28 munições calibre 380, uma munição calibre 38, celulares, tablet, sacos plásticos usados para embalar a droga e folhas de cheque com valores diversos.

Material apreendido pela PM na casa da vítima

Material apreendido pela PM na casa da vítima

O caso será investigado pela Polícia Civil, a principal suspeita é de que o crime tenha sido um acerto de contas ligado ao tráfico de drogas. Os criminosos são da cidade de Divinópolis. Paulo ou “Grilo”, como era conhecido era tio de Paulo César Honório Gonçalves, 19 anos, que também foi morto a tiros. O crime aconteceu no pasto existente atrás da URPA em Agosto do ano passado.

Se você possui alguma informação que possa levar a Polícia até a prisão dos criminosos, comunique através do telefone 190. A ligação poderá ser anônima.

Veja também