Lavras terá política de proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro autista

29/05/2016

 

 

A Câmara Municipal de Lavras aprovou no último dia 16 de Maio, um projeto de lei de indicação do vereador Marcos Possato, que dispõe sobre a instituição em Lavras de Política Municipal de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

Segundo o autor, a finalidade do projeto é o de garantir a proteção da pessoa portadora do autismo, criando mecanismo legal que permita o acesso do autista a tratamento especializado na rede pública. Outro intuito do projeto de lei do vereador Marcos Possato é o de garantir que o tratamento do autismo seja feito por meio de uma abordagem multidisciplinar (saúde, educação e assistência social), com o auxilio de diferentes profissionais, como médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, educador físico e professores especializados em educação inclusiva.

O objetivo do tratamento é o de desenvolver as habilidades dos autistas e trabalhar para que suas dificuldades afetem cada vez menos sua vida. “O poder público precisa dar suporte à família para que a mesma possa acolher a criança e procurar ajuda profissional para acompanhar seu desenvolvimento, para que o autista possa ter o maximo de independência possível”, completou o vereador Marcos Possato, autor do projeto, que enalteceu o trabalho dos membros da Associação Contato de Lavras.