Lavras registrou dois casos de estelionato contra idosos

14/06/2019

 

 

Dois fatos ocorridos na cidade chamaram atenção dos militares na quinta-feira (13), quando infratores aplicaram golpes de estelionato em idosos.

O primeiro fato se deu às 11 da manhã, quando um senhor de 71 anos procurou os militares informando que estava transitando em seu automóvel, quando um indivíduo se aproximou dizendo que estava saindo fogo da parte traseira do carro, se disponibilizando para ajudar.

Ao estacionar o veículo o idoso foi avisado que o carro necessitava de reparos, informando que ligaria na mecânica de uma concessionária da cidade, a fim de que um técnico fosse até o local resolver o problema.

Assim, outro indivíduo logo se apresentou como o tal técnico e após mexer na parte de baixo do veículo, disse que havia trocado uma peça, e que o valor do conserto havia ficado em R$ 3.970,00.

O idoso então combinou que pegaria o dinheiro com sua esposa, sendo acompanhado do primeiro indivíduo até a sua residência. Lá o infrator tomou nota dos dados da vítima, preenchendo inclusive um recibo. Enquanto estavam na casa, outro indivíduo teria ligado no telefone residencial se passando por funcionário da concessionária, endossando a necessidade do pagamento, dizendo que pelo fato do veículo ainda estar em garantia, que parte do valor seria ressarcido a eles posteriormente. De lá o infrator foi com a esposa da vítima até uma agência bancária onde aguardou no estacionamento.

Ao retornar ao estacionamento com o valor, a sra de 62 anos, percebeu que além do indivíduo, outros 2 homens também aguardavam do lado de fora do carro. Nesse momento ela percebeu que se tratava de um golpe, mas por sentir-se ameaçada pelos indivíduos acabou entregando o dinheiro.

Todos os 3 indivíduos saíram do local a não foram mais vistos.

Imagens do circuito de vigilância do local já foram requisitadas e auxiliarão na identificação dos infratores.

O segundo caso ocorreu às 14:58, quando uma equipe esteve na residência de um casal de idosos de 73 e 76 anos, os quais informaram que por volta do meio dia, um indivíduo, com uma camiseta com a inscrição de um depósito de gás, havia chegado ali dizendo que teria que fazer um conserto no fogão. Ele adentrou a casa e após mexer no botijão, cobrou pelo serviço a quantia de R$ 500,00, o que foi feito, vindo o homem a deixar o local logo após.

O casal informou que o fogão não apresentava nenhum defeito e que não haviam requisitado nenhum conserto. Apesar disso, eles contaram aos militares que em outras 2 ocasiões, outras 2 duas pessoas também já haviam estado ali dizendo que cobrando pelos consertos no fogão e no medidor de energia, sendo pagos a quantia de R$ 1.000,00 a um e R$900,00 a outro.

O infrator passou a ser rastreado pela equipe policial.

Orientamos aos familiares que conversem com os idosos alertando-os quanto a necessidade de sempre desconfiarem de pessoas estranhas. Os golpistas não demonstram perigo eminente, e por isso, todo indivíduo estranho que os abordem, seja na rua ou na porta de casa, pode ser um infrator em potencial. A ideia não é gerar medo, mas sim, despertar em nossos idosos maior prudência no trato com desconhecidos. Por isso:

– Evitem conversar com pessoas estranhas que os abordem contando histórias. Nunca dê a eles detalhes da vida pessoal.
– Nunca trate por telefone com desconhecidos assuntos envolvendo quantias em dinheiro ou questões familiares.
– Nunca aceite serviços que não solicitou.
– Nunca pague de imediato por serviços que você não tem a comprovação que foram prestados.
– O carro quebrou? Não deixe ninguém mexer no veículo. Disseram que o carro quebrou? Caso não tenha constatado nada de irregular, dirija até sua casa e lá contate o mecânico de sua confiança.
– Se precisar de empréstimo, procure bancos e instituições financeiras já conhecidas no mercado.

Está em dúvidas se está caindo em um golpe? Afaste-se da pessoa, procure um lugar seguro ou movimentado e acione a PM através do 190.

Polícia Militar: Nossa profissão, sua vida!

ACO/8ºBPM

Você também pode gostar