Bolsonaro participa de formatura de sargentos do Exército no Sul de MG

29/11/2019
Bolsonaro participa da formatura do Curso de Formação de Sargentos da Escola de Sargentos das Armas (ESA) em Três Corações (MG) — Foto: Fernanda Rodrigues/G1.

 

 

O presidente Jair Bolsonaro participa nesta sexta-feira (29) de uma formatura do Curso de Formação de Sargentos da Escola de Sargentos das Armas (ESA) em Três Corações (MG).

O avião que levou o presidente pousou no Aeroporto Major Brigadeiro Trompowsky, em Varginha (MG), às 10h09. Em seguida, ele fez um percurso de 15 minutos de helicóptero até a ESA.

Durante discurso, o presidente falou sobre a situação política da América do Sul. Nos últimos meses, países como Bolívia, Colômbia, Chile e Equador tiveram protestos e viveram momentos de tensão.

“A América do Sul, no momento, ainda vive, alguns países, momentos de crise, mas nós venceremos tudo isso, pela gratidão, pelo sentimento de irmandade que existe entre nós da América do Sul. Nós brasileiros só estaremos felizes quando todos os países da América do Sul, o seu povo também gozar de liberdade e democracia”, disse o presidente.

Esta é a primeira vez que o presidente Jair Bolsonaro visita o Sul de Minas após eleito. Em agosto, o general Hamilton Mourão representou o presidente em uma outra formatura na ESA. Nascido no interior de São Paulo, o presidente ainda disse estar de volta à sua segunda “terra natal”.

“É sempre uma satisfação voltar a Minas Gerais, minha segunda terra natal. Aqui está uma parte da minha história. Primeiro agradeço a Deus pela minha vida e depois pelas mãos de muitos de vocês, a missão de comandar o destino deste grandioso país”, disse Bolsonaro.

Presidente Jair Bolsonaro faz selfie com familiares de sargentos na ESA, em Três Corações — Foto: Reprodução ESAPresidente Jair Bolsonaro faz selfie com familiares de sargentos na ESA, em Três Corações — Foto: Reprodução ESA
Presidente Jair Bolsonaro faz selfie com familiares de sargentos na ESA, em Três Corações — Foto: Reprodução ESA

Durante a cerimônia, foram diplomados 573 novos sargentos combatentes do Exército Brasileiro, sendo 197 de Infantaria, 71 de Cavalaria, 67 de Artilharia, 82 de Engenharia e 156 de Comunicações. A turma de formandos receberá o nome de “Centenário da Missão Militar Francesa no Brasil”.

Bolsonaro entregou a medalha marechal Hermes e o quepe verde-oliva para o aluno destaque, Renan Bezerra da Silva. Durante a cerimônia, o presidente quebrou o protocolo por várias vezes. Ele tirou selfies e cumprimentou familiares dos militares.

Além de Bolsonaro, participaram da cerimônia desta sexta o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e secretários estaduais também foram ao local.

Após a cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro seguirá para Resende (RJ).

 

Fonte:  G1