Homem é preso por provocar danos ambientais em área próxima à Serra da Bocaina

Publicado em 23/09/2015
Foto: PMR Divulgação

Enquanto os Bombeiros tentam há três dias apagar os focos do incêndio que atinge a Serra da Bocaína em Lavras, a Polícia Militar de Meio Ambiente, intensifica a fiscalização contra as queimadas e na tarde desta terça-feira (22) prendeu um homem por danos ambientais.

Foto: PMR Divulgação

Foto: PMR Divulgação

Segundo a PMR, os policiais faziam um patrulhamento no local conhecido como Soca em Ingaí que fica próximo à Serra da Bocaína, quando se depararam com intervenções ambientais na área de 2 hectares. O homem ateou fogo no local e este graças à chegada dos militares não se tornou outro foco de incêndio florestal. Havia também cerca de 90 mourões feito de candeia que foram apreendidos.

O homem foi multado, preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil pelos crimes contra a flora previstos na lei 9.605 de 1998.

Veja também