Governo de Minas libera ocupação total de salas de aula

Publicado em 14/10/2021
Foto: Agência Minas

 

 

 

O governo de Minas liberou nesta quinta-feira (14/10) a ocupação total nas salas de aula em todo o estado. Anteriormente, era permitido somente 50% da ocupação, medida adotada por conta da pandemia de COVID-19.

Além das salas de aula, refeitórios e transporte escolar podem ter 100% de ocupação. Contudo, o distanciamento físico de 0,90 metros foi mantido, o que ainda não garante que todos os estudantes frequentem as salas ao mesmo tempo – pois depende da limitação física de cada sala de aula.

Secretário de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti afirmou nesta quarta que o próximo passo será diminuir este distanciamento para, posteriormente, as salas estarem com todos os alunos ao mesmo tempo.

Outras atualizações são: retorno do uso de objetos compartilhados (computadores, tablets e eletrônicos) e fim da chamada “quarentena de livros” (uso normal de livros e empréstimos sem necessidade de aguardar cinco dias para novo empréstimo).

A atualização se dá por conta da melhora dos principais indicadores de casos da pandemia de COVID-19 em Minas Gerais – vacinação, taxa de incidência do coronavírus, hospitalização e óbitos mesmo após a liberação de aulas presenciais.

A boa adesão de escolas públicas e privadas às orientações do governo estadual e benefícios no retorno escolar para desenvolvimento de crianças e adolescentes são outros motivos, segundo o governo de Minas, para a adoção destas novas medidas.

De acordo com dados divulgados nesta quinta pelo governo estadual, Minas Gerais soma 21612611 casos de COVID-19 desde o início da pandemia, em março de 2020. Desses diagnósticos, 1860 foram nas últimas 24 horas. O número de mortes por causa do coronavírus entre essa quarta e esta quinta em solo mineiro foi de 28, e o total é de 20.961.

Veja também