Governo da Argentina identifica foragidos do 8 de janeiro no país

O Ministério das Relações Exteriores recebeu uma lista do governo argentino com nomes de brasileiros envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, em Brasília, que estão foragidos na Argentina. Esse documento foi encaminhado ao STF, que havia solicitado ao Itamaraty a consulta ao governo argentino. A extradição desses indivíduos depende de um pedido formal do Judiciário e é responsabilidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com o Itamaraty atuando de forma auxiliar.

No início do mês, a Polícia Federal realizou uma operação para prender centenas de investigados por envolvimento na invasão e depredação das sedes dos Três Poderes. Até o dia seguinte à operação, pelo menos 50 pessoas foram presas, com a PF buscando outros 159 foragidos. A Operação Lesa Pátria, que investiga os responsáveis pelos ataques, está em sua 28ª fase, com atualizações periódicas sobre mandados e capturas. A PF destacou que os crimes investigados incluem abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração de bem protegido.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Anuncie aqui