Falta de Serviço de Iluminação Publica traz problemas por moradores lavrenses

Publicado em 28/01/2015
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

 

Lavras foi a primeira cidade do Sul de Minas a atender à determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) que prevê que as prefeituras de todo o país assumam a iluminação pública dos municípios.

Com a mudança, todos os problemas, solicitações de consumidores ou melhorias na iluminação pública devem ser tratados diretamente com a prefeitura municipal, que passa receber pelo serviço. O fornecimento de energia, contudo, continua a cargo da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG).

A nova lei entrou em vigor, mas na prática, isso ficou somente no papel, já que o contrato com a empresa que havia sido contratada pela Prefeitura Municipal de Lavras para realizar o serviço no ano passado foi cancelado, deixando quem precisa do serviço de mãos vazias.

É o caso de moradores que precisam de reparos nas  lâmpadas de postes de iluminação pública em bairros da cidade. O problema tem deixado alguns pontos de ruas da cidade no escuro. Moradores alegam que o problema oferece riscos com relação à segurança de pedestres e motoristas.

 A Prefeitura de Lavras informou que um novo processo licitatório emergencial foi aberto para a contratação de uma nova empresa para realizar o serviço, o que deve ocorrer nas próximas semanas.

Veja também