Comunidade maçônica lamenta falecimento de Ramon Alvarenga

Publicado em 26/09/2021

Faleceu nesta sexta-feira (24), Ramon Alvarenga, em Sete Lagoa. Ele foi velado e sepultado em Lavras ontem.

Nascido em Perdões, em 21/07/1932, formou-se Contador pelo Instituto Presbiteriano Gammon.
Foi Maçom ativo da Loja Maçônica Deus e Caridade 7a por mais de 67 anos. Recebeu a Comenda da Ordem do Mérito D. Pedro I, pelo Grande Oriente do Brasil (GOB)

Casado com Marlene Costa Alvarenga (in memória/ foto), ele recebeu o Título de Cidadão Lavrense, concedido pela Câmara Municipal, de Lavras.

Ramon Alvarenga teve um importante papel para com a maçonaria, e foi Presidente da Loja Maçônica em duas gestões.

Teve um importante papel na construção e manutenção da Casa do Vovô com a ajuda de muitos colaboradores.

Foi Presidente, da Sociedade Espírita Ismael (SEI), onde assistia a muitas famílias e necessitados de um modo geral.

Trabalhou para o Ministério da Agricultura, aqui em Lavras, na chamada Estação Experimental de Lavras. Posteriormente optou-se por trabalhar na ESAL, para onde foi transferido, e lá se aposentou. Na ESAL, hoje UFLA, chegou a ser Chefe do Departamento de Pessoal, hoje Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas – PRGDP.
Durante toda sua vida teve uma participação muito grande em trabalhos assistenciais. Dedicando, integralmente, a esta atividade após aposentado. Foi um exemplo de assistente social.

Que Deus receba com muito carinho o Irmão Ramon Alvarenga.
Seus Irmãos da Loja Maçônica Deus e Caridade 7a.

Ramon Alvarenga e sua esposa já falecida Marlene

Veja também