Empresários de Lavras estiveram na UFLA para conhecer novas propostas de programação da TVU

03/02/2016

Há 17 anos em interação com a comunidade da cidade e região, a TVU-Lavras terá mudanças em sua programação, previstas para 2016. Em encontro promovido na Universidade Federal de Lavras (UFLA) nessa segunda-feira (1º/2), a emissora compartilhou as novas propostas com empresários de diferentes segmentos. O objetivo foi a busca de parcerias que possam fortalecer a emissora e garantir à sociedade a oferta de conteúdos ainda mais diversificados e de qualidade, em um novo modelo editorial.

Entre as novidades previstas estão a reformulação do jornal Universitária Notícias, que se transformará em TVU-Notícias, com novo cenário e alterações no formato. Um boletim de notícias também deverá ser veiculado ao meio-dia. Além disso, o projeto inclui a produção de seis novos programas que veicularão conteúdos voltados à promoção da cultura, da cidadania e da ciência, sempre orientados pelo caráter de utilidade pública.

Durante o encontro com os empresários da cidade, o reitor da UFLA relatou acontecimentos que marcaram a história da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe), detentora da concessão da TVU-Lavras e da Rádio Universitária. Falou também dos desafios e realizações que a Universidade tem pela frente, principalmente no tocante ao crescimento do número de estudantes, à construção do hospital universitário e à implementação do Parque Tecnológico, ressaltando que esses projetos trarão resultados positivos tanto para a UFLA quanto para Lavras e seu entorno.

Propondo a união de esforços para que se ofereça o melhor à comunidade, Scolforo pediu que os empresários tornem-se parceiros da TVU-Lavras para o incremento de sua programação.“Que vocês possam decidir fazer parte deste projeto pelo simples desejo de ajudar a oferecer algo diferenciado à comunidade, impulsionando o conhecimento, a cultura, a divulgação da ciência”.

Mensagem semelhante foi deixada pelo diretor executivo da Faepe, professor Rilke Tadeu Fonseca de Freitas. Ele apresentou a Fundação, que caminha para os 40 anos de existência e atua sob credenciamento do Ministério da Educação (MEC) e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Já as informações sobre as novas propostas de programação foram apresentadas pela jornalista Adriana Spinelli, que atualmente presta consultoria à

Professor Scolforo convidou empresários da cidade a fazerem parte do projeto que prevê um novo modelo para a TVU-Lavras, com ênfase no papel educativo da emissora.
TVU-Lavras. Ela defendeu uma televisão ainda mais voltada aos interesses da comunidade, com uma linha editorial que priorize a informação e o conhecimento, transmitidos de forma agradável para o telespectador.“Acreditamos no bem e, por isso, queremos um conteúdo inovador. Esse é o papel de uma TV universitária”, destacou Adriana.

Na acolhida inicial aos convidados do evento, o assessor de comunicação da UFLA, professor Élberis Pereira Botrel, agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância do encontro para a reformulação da programação da emissora e o aperfeiçoamento constante da relação que ela possui com a comunidade.

A emissora educativa está em atividade desde 1999, alcançando atualmente um público de cerca de 200 mil pessoas, distribuído em nove municípios da região de Lavras. Há potencial para ampliação desse público, que poderá chegar acerca de 300 mil pessoas.

A estrutura da emissora está localizada no câmpus histórico da UFLA. Seu sinal é transmitido pelos canais 13 UHF e 15 VHF.  Por ser afiliada da Rede Minas, os programas produzidos no local podem ser disseminados para outras TV’s do sistema público. Em 2015, obteve licença oficial do Ministério das Comunicações para transmissão digital pelo Canal 16, sendo ainda necessários investimentos estruturais que permitam a digitalização.

O interesse público é o valor preponderante na definição das pautas. Em 2014, das 990 notícias veiculadas pela emissora, 43% foram de serviço/utilidade pública. No percentual restante estão incluídas notícias de diferentes temas, como saúde, esportes, atividades em curso na UFLA, etc. Em pesquisa de mercado feita em 2013 pela UFLA Júnior, empresa júnior do curso de Administração da UFLA, 54,9% dos entrevistados da cidade afirmaram assistir à programação da TVU-Lavras, público representativo da importância que a emissora assumiu no dia-a-dia do município.

Fonte: Ascom Ufla