Em Nota, Sindicato dos Servidores Municipais afirma que greve foi apenas “paralisada”

Publicado em 30/11/2015
A fim de atestar a veracidade das informações, digitalizamos os documentos enviados pelo Sindicato dos Servidores.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Lavras, divulgou uma nota na manhã desta segunda-feira (30), onde afirma que a greve foi “cessada temporariamente.”

Segundo a nota, entregue em mãos ao Lavras 24h: ” O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Lavras – MG comunica a todos os Servidores Públicos Municipais e população,  que a greve foi cessada temporariamente, após deliberação pela Assembléia, que foi realizada na Avenida Dr. Sylvio Menicucci, após negociações do Sindicato (SISPMUL), Comissão de Greve, representantes da FESERP  com o Executivo, no dia 27 de novembro de 2015. Levado a conhecimento da categoria os termos do acordo, deliberaram pela cessação temporária da greve. Descumprindo qualquer cláusula do referido acordo, o movimento deliberará, em assembleia, pela cessação das atividades laborais.”

Uma nova tabela de pagamentos foi enviada pelo prefeito Silas Costa Pereira através do Ofício nº 599/2015/GAB/cma, conforme abaixo.

Tabela de Cronograma de pagamentos para os meses de Novembro e Dezembro.

Tabela de Cronograma de pagamentos para os meses de Novembro e Dezembro.

12325412_938060926282334_1166853595_n

Quanto ao pagamento do 13º salário, os servidores estarão reunidos hoje (30),  na Câmara Municipal , durante a reunião ordinária, para saber quando os R$ 700 mil serão repassados à prefeitura para o pagamento do benefício. O dinheiro foi anunciado na última semana após uma reunião. Segundo consta no próprio site da câmara ” O repasse só foi possível devido ao planejamento financeiro realizado pela Mesa Diretora desde o início de janeiro deste ano que criou um fundo específico para aplicação de recursos. O Legislativo mantém seus pagamentos todos em dia, tanto com fornecedores como servidores, e ainda, consegue reservar parte do dinheiro para aplicação e investimento em modernização de equipamentos.”

O Legislativo já repassado R$ 669.371,61 para o pagamento dos tickets alimentação dos servidores no último dia 10. Ambos os repasses fazem parte de um fundo, avaliado em R$ 1,7 milhão, criado pela Câmara Municipal para a reforma da nova sede da entidade, a Escola Municipal Padre Dehon.

Veja também