Copasa alerta população sobre risco de faltar água em Lavras

Publicado em 20/10/2015
Sistema de abastecimento de água da Região Metropolitana de Belo Horizonte

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa enviou nessa segunda-feira (19), um comunicado à imprensa lavrense informando sobre a redução do volume de água nos mananciais ribeirão Água Limpa e ribeirão Santa Cruz.

Segundo a Companhia: o prolongamento do período de estiagem somado ao aumento do consumo de água devido ao forte calor, faz com que o abastecimento na cidade fique prejudicado e pode faltar água. 

A Copasa informou ainda  que está adotando medidas para garantir o abastecimento em todo o município, incluindo as partes mais altas e pede o  apoio da população para o consumo consciente de água, evitando desperdícios. 

Em Minas Gerais,  chega a 113 o número de cidades em situação de emergência por causa da seca. Alguns municípios, porém, não estão incluídos no decreto e sofrem com a falta d’água há mais de uma semana. O sistema que abastece a Região Metropolitana de Belo Horizonte registra quedas diárias de 2% no nível de armazenamento. O índice dos mananciais é considerado o mais baixo da História.


Veja também