Bispo, padres e seminaristas realizam formação com Padre Zezinho em Taubaté/SP

11/09/2019

 

É difícil encontrar um católico ou até mesmo pessoas de outras religiões que nunca tenham escutado uma das músicas do Padre Zezinho, afinal são mais de 50 anos compondo músicas e evangelizando. Comunicador, escritor, cantor e compositor são algumas das várias habilidades que o destacam e o fizeram ser conhecido. Mas a forma como ele prefere ser chamado e lembrado é por ser um padre catequista.

Impulsionados pela inspiração do sacerdote, seminaristas, padres e o próprio bispo de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, foram até o Memorial Dehoniano para conversar e relembrar sua história de evangelização. O local, que fica na Faculdade Dehoniana de Taubaté/SP, expõe apenas uma pequena mostra da história do evangelizador que compôs mais de 1.500 canções, gravou mais de 120 discos e CDs e que escreveu mais de 90 livros.

Uma manhã de segunda-feira incrível, segundo os seminarista Ronan Costa. “Dia de alegria e aprendizado. Hoje a formação do Seminário São Tiago nos proporcionou a oportunidade de conhecer e ouvir as sábias palavras do grande padre Zezinho”, explica.

Entre os padres, estiveram presentes o antigo reitor do Seminário São Tiago, padre Alisson Sacramento, assim como o atual, padre Javé Domingos. Padre Elissandro, membro do Conselho de Formação, também acompanhou a visita junto ao bispo, o diácono, Thairo Guimarães e os seminaristas.

 

Fonte: Dedicon

Você também pode gostar