Aniversário de nascimento da educadora Marília Amaral Lunkes é lembrado no Unilavras

23/03/2019

 

 

Em 21 de março de 1935, nascia em Cruzeiro, cidade do interior de São Paulo, Professora Marília Amaral Lunkes, esposa do fundador do Unilavras Professor Canísio Inácio Lunkes. Marília veio para Lavras a trabalho, representando o Colégio Sion, de Campanha, instituição da qual estudou e lecionou.  Chegando aqui conheceu professor Canísio com quem se casou e teve quatro filhos.

Graduada em Filosofia, Marília sempre foi defensora da educação de excelência e dos direitos humanos. Contribuiu de forma efetiva para o crescimento e a formação sólida do alicerce da educação no município de Lavras.

Ela foi aluna da 1ª turma do curso de Filosofia do Unilavras e por mais de 37 anos atuou como professora em cursos das áreas de humanas e saúde. Pessoa sempre preocupada com a educação, Marília até hoje é reconhecida pela família, alunos e pessoas da comunidade, como uma mulher forte e referência na educação.

Mulher de muita fé e de valores imensuráveis, sempre prezou por um trabalho ético, comprometido, humanitário, que são alguns dos valores do Unilavras. Ela, que sempre foi a inspiração e companheira do fundador, tinha força, vigor e uma beleza invejável. Elegante, inteligente e exemplar, assim era como mãe, esposa e educadora. Perseverança, compaixão e paciência foram as lições deixadas por Marília. A professora enxergava a educação com os olhos da alma.

Você também pode gostar