Alunos da FAI em Santa Rita acessam supercomputador brasileiro

31/08/2019

 

 

Linhas de montagem, controle do tráfico de veículos, mudanças climáticas e até a formação de galáxias, a maioria dos problemas do mundo natural acontecem de forma massiva, simultânea e de forma inter-relacionada, fato que torna seu estudo uma tarefa extremamente complexa.

Santos Dumont é o nome do supercomputador do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) que será utilizado pela FAI para resolver estes tipos de problemas. Situado em Petrópolis-RJ, o Laboratório recentemente aprovou o projeto da FAI para o uso do Santos Dumont no curso de Sistemas de Informação. O professor do curso de Sistemas de Informação na FAI, professor Dr. Fábio Gavião, é o coordenador deste projeto denominado “hpcfai” ou “High Performance Computing na FAI”.

Sobre as potencialidades que este projeto oferece, o professor explica “a partir deste projeto, todos os alunos da FAI poderão acessar o supercomputador, tanto através dos computadores dos laboratórios, quanto dos seus notebooks e até dos celulares. O objetivo é o ensino de Programação Paralela diretamente em um cluster computacional de alta performance”.

Modelar, simular e entender estes problemas do ponto de vista computacional é muito mais fácil através do modelo de computação chamada “paralela”, não por acaso, a questão já é preocupação de diversos governantes modernos. Através de soluções com centenas, e até milhares, de processadores trabalhando ao mesmo tempo é possível que se crie algoritmos e arquiteturas computacionais paralelas. E, assim, com uma altíssima capacidade de memória aliada a um altíssimo desempenho, é possível encurtar o tempo para solução de problemas e viabilizar diversos projetos reais.

O Professor Gavião conta que o projeto é um sonho antigo do curso de Sistemas de Informação da FAI “desde 2013 contamos com o ensino dessa tecnologia em nossa grade curricular, porém nunca foi utilizado um cluster de supercomputador, esta é a primeira vez que isto acontece”. Graças ao projeto recentemente aprovado pelo LNCC, a FAI integrará a restrita lista de faculdades com acesso à essa tecnologia.

Você também pode gostar