ACIL lançará campanha de ajuda ao Parque Francisco de Assis

Publicado em 26/03/2015
O presidente da ACIl, José Eustáquio Cardoso, e o advogado da entidade, Dr. Marcelo Sabato, junto da tesoureira da SLPA, Patrícia Miranda Reis Arriel “Queremos sensibilizar não só o empresariado, mas cada cidadão lavrense. Esse é um assunto que diz respeito a todos nós”, disse o presidente da ACIL.
O presidente da ACIl, José Eustáquio Cardoso, e o advogado da entidade, Dr. Marcelo Sabato, junto da tesoureira da SLPA, Patrícia Miranda Reis Arriel “Queremos sensibilizar não só o empresariado, mas cada cidadão lavrense. Esse é um assunto que diz respeito a todos nós”, disse o presidente da ACIL.

O presidente da ACIL, José Eustáquio Cardoso, e o advogado da entidade, Dr. Marcelo Sabato, junto da tesoureira da SLPA, Patrícia Miranda Reis Arriel. Ao lado, Evanice (gerente administrativa da ACIL) e Aline (auxiliar administrativa da ACIL).

 

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Lavras (ACIL), José Eustáquio Cardoso, esteve reunido nessa segunda-feira, dia 23, com uma representante da Sociedade Lavrense de Proteção aos Animais (SLPA), entidade mantenedora do Parque Francisco de Assis, o antigo canil municipal.

José Eustáquio e a tesoureira da SLPA, Patrícia Miranda Reis Arriel, discutiram detalhes da campanha “SOS Parque Francisco de Assis”, que  a ACIL lançará em breve. Na semana passada, uma reunião pública promovida pela entidade e o Ministério Público de Lavras discutiu com representasse da sociedade civil o destino do canil.

O Parque Francisco de Assis passa por momento de dificuldades estruturais devido ao corte de verba repassada pela Prefeitura Municipal, o que diminuiu os recursos para o pagamento de seis profissionais que trabalham no canil, comprometendo também a compra de ração para os animais.

A ACIL enviará uma carta circular para sensibilizar seus 600 associados a fim de doarem valores específicos para o parque, que conta hoje com 430 cães em suas dependências. Os valores a serem doados são de R$ 10, R$ 20 e R$50 mensais.

“Queremos sensibilizar não só o empresariado, mas cada cidadão lavrense. Esse é um assunto que diz respeito a todos nós”, disse o presidente da ACIL.

“Queremos sensibilizar não só o empresariado, mas cada cidadão lavrense. Esse é um assunto que diz respeito a todos nós”, disse o presidente da ACIL.

Esses valores serão revertidos para o programa de castração, vermifugação, alimentação, vacinação e identificação dos animais e pagamento de funcionários especializados que atuam na instituição, que conta também com trabalho de voluntários.

A campanha “SOS Parque Francisco de Assis” também pretende  conscientizar a população quanto ao problema de saúde pública que envolve a presença dos cães nas ruas, como o risco de contaminação pela leishmaniose entre os moradores e o crescimento da população dos animais nas ruas da cidade.

Segundo José Eustáquio, serão divulgados folders sobre a campanha e também informações para a mídia em geral sobre a importância da participação de todos no projeto.

“Queremos sensibilizar não só o empresariado, mas cada cidadão lavrense. Esse é um assunto que diz respeito a todos nós”, disse o presidente da ACIL.

Veja também