Lavras,
29/07/2014 19:51
1, novembro 2009 - 0:00:00

Varginha: Mulher cai na conversa de falso Dom Juan e fica nua na rua

01-11-2009 16:28:22

don_juan_120O caso que relataremos a seguir seria cômico se não fosse verdade.

O fato foi registrado na madrugada de hoje (01), no Bairro São Francisco por volta de 04h, quando a PM recebeu uma chamada relatando que uma mulher estava andando nua pelas ruas do bairro.

Minutos depois uma guarnição em patrulhamento pela Av. Manoel Vieira da Silva, encontrou junto a um telefone público uma mulher de 45 anos com ferimentos por todo corpo. Aos prantos ela alegava que havia sido agredida e que estava muito machucada.

A mulher relatou aos policiais que na noite anterior, 31/10 (Dia das Bruxas), teria ido até um salão de baile na Av. Antonio Frederico Ozanan – Sion, e que lá conheceu um rapaz de vinte e poucos anos. Dançaram, conversaram e beberam um pouco (não exatamente nessa ordem!), e que depois disso o tal rapaz a convidou para ir para casa dele.
Interessada no “Don Juan” que se dizia solteiro, aceitou o convite.

O clima de romance dominou a atmosfera, e quando ela percebeu já estavam sobre um aconchegante leito como vieram ao mundo…

Mas nem tudo são flores… O pesadelo desta mulher começou quando a esposa do “Don Juan” chegou e se deparou com aquela cena.

Tomada de puro ódio a esposa começou a distribuir pancada principalmente na mulher que nem teve tempo pra se vestir…

Ela ainda tentou se abrigar debaixo da cama, mas a tentativa foi frustrada, e antes que a esposa fizesse algo ainda mais grave contra ela, a mulher se viu obrigada a fugir (mesmo sem roupa).

Esse “pesadelo do Dia das Bruxas” foi registrado pela PM (B.O. 34.557), que também socorreu a vítima levando-a até o Pronto Socorro, onde permaneceu em observação.

De acordo com informações, a vítima foi ajudada por um morador do bairro que lhe deu uma troca de roupas até a chegada da PM.

Ela não soube informar aos militares onde seria a casa para onde o “Don Juan” havia lhe levado, e também não sabia o nome dele.

Acreditem se quiser!

Fonte: Alex Chereze