UMA NOVA EQUIPE DE FUTEBOL EM LAVRAS

20/01/2009

<!– /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:””; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;} @page Section1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} –>

            A notícia pegou todo mundo de surpresa, quando foi anunciada a criação de mais uma equipe de futebol em Lavras, o Lavras Esporte Clube. As informações dão conta que esta equipe vai disputar, a principio, o Campeonato Mineiro de Juniores que deve começar dentro em breve e que também já fez a sua inscrição na Federação Mineira de Futebol para também participar do Campeonato Mineiro do Módulo II, o mesmo que o Fabril disputou recentemente.

            A equipe é mantida por uma empresa de Lavras e tem várias pessoas que estavam envolvidas com o Fabril e que agora passam a trabalhar profissionalmente para o Lavras Esporte Clube. Que é um direito de todo cidadão.

            Neste dia 21 de janeiro será realizada uma “peneirada”, que é o ponta-pé inicial para a concretização da formação da equipe, já que oficialmente já está toda pronta, inclusive com inscrição nos órgãos governamentais competentes. Basta agora criar estrutura de futebol e esta já deverá ser mostrada após a realização daquela peneirada.

            O responsável técnico será o professor Paulo Rogério, que foi o técnico do Fabril no Campeonato Mineiro, tendo como auxiliar direto o popular e ex-vereador Teia.

            O que muitos estão perguntando é se a ALAD – Associação Lavrense de Amparo ao Desporto, associação esta que foi criada por torcedores fabrilenses para dar apoio ao alvinegro e que foi responsável por este reboliço (no bom sentido, é claro) que foi o Fabril, quando a equipe lavrense há muito não despertava o interesse do torcedor alvinegro, e a resposta é negativa. A ALAD não tem nada a ver com a criação do Lavras Futebol Clube e tudo indica que o apoio à equipe do Fabril vai continuar, principalmente agora que terá mais uma rivalidade criada em nível local.

            O Lavras Futebol Clube terá seus treinos e jogos no estádio Ruy Moraes de Lemos, num acordo feito entre os responsáveis pelas duas entidades. Segundo informações a estrutura será muito boa e a empresa que está por trás deste empreendimento entra definitivamente no ramo do futebol, buscando, é claro, retorno financeiro através de formação de atletas para colocá-los nas principais equipes mineiras e de outros estados.

            Com é uma iniciativa polêmica a criação do Lavras Esporte Clube, já corre a boca pequena que estão sendo dirigidas ofensas caluniosas aos dirigentes fabrilenses, o que não é um bom começo. Não justifica a criação de uma outra equipe em Lavras simplesmente porque este ou aquele dirigente tenha cometido ou não alguma irregularidade. O pensamento primeiro é de se criar uma estrutura forte e principalmente sadia, porque o meio do futebol é muito podre e quem tem boas intenções de se manter neste mundo esportivo tem que suportar algumas irregularidades inerentes ao futebol, e muitos que logo descobrem que ali não é o seu “mundo”, acabam abandonando um projeto futuro, ou até deixar de torcer pela paixão nacional, independentemente de qualquer que seja o clube e estado deste.

            Que venha forte o Lavras Esporte Clube, porque o seu sucesso fatalmente será uma sombra para o Fabril, que terá que encontrar também o seu caminho, porque uma entidade tão respeitada em todo o Brasil não pode deixar de existir e passar a ser chacota na opinião do seu fanático torcedor.

            Tenha certeza que o Lavras Futebol Clube não vai virar a casaca de nenhum torcedor fabrilense, mas como Lavras é uma cidade grande e de uma população que gosta do futebol, pode conseguir novos adeptos e futuros torcedores. Torço, particularmente, que duas equipes em Lavras não seja uma cópia de Pouso Alegre, que montou quatro equipes para disputar o Campeonato Mineiro e todas foram um fracasso total.

            Viva o Fabril! Viva o Lavras Futebol Clube! Viva o esporte lavrense como um todo. E viva a rivalidade honesta e sem mascaração!

 

Paula Neto

olimpioneto@uflanet.com.br

Você também pode gostar