Ufla implanta mudanças para beneficiar estudantes que fazem uso de bicicletas

10/03/2018

Na próxima semana, entre 12 e 15 de março, a Universidade Federal de Lavras (UFLA), por meio da Diretoria de Logística Acadêmica (DLA), da Pró-Reitoria de Infraestrutura e Logística (Proinfra), realizará uma campanha de integração modal bicicleta, com a finalidade de discutir novas iniciativas que visam o bem-estar dos ciclistas que circulam diariamente no câmpus. A ação também conta com o apoio do Diretório Central de Estudantes (DCE) e da Polícia Militar.

Durante esses quatro dias os estacionamentos entre o prédio administrativo e o posto policial, na avenida central, não poderão ser utilizados, como uma etapa de teste, para verificar a possibilidade de executar, futuramente, uma estrutura de mobilidade, com a inserção de uma ciclofaixa nesses locais (à direita de quem sobe). A Proinfra ressalta que os estacionamentos construídos nos últimos anos nas demais avenidas do câmpus já comportam as vagas que poderão ser eliminadas na avenida central.

Nesta fase de experimentação, haverá, atrás do prédio da Associação de Docentes (Adufla), um local de empréstimo e conserto de bicicletas para a comunidade acadêmica. Além disso, no banheiro da sede do DCE haverá um chuveiro disponível. “Muitos estudantes após subir para a UFLA de bicicleta podem desejar tomar um banho, para refrescar, antes de ir à aula”, comenta Maurício de Resende, diretor da DLA. Essa proposta, se for bem aceita pela comunidade acadêmica, poderá ser ampliada. “Pretendemos colocar banheiros com chuveiros em todas as extremidades da UFLA. Também verificaremos a possibilidade de inserir apoio de bicicletas nos circulares internos”.

De acordo com o pró-reitor da Proinfra, professor Jackson Antônio Barbosa, sinalizações e campanhas de esclarecimentos serão desenvolvidas ao longo do ano para que tanto pessoas que trabalham e estudam na UFLA, quanto aquelas que utilizam o câmpus como lazer, possam se sentir seguras e integradas a essa nova mudança. “Contamos com o apoio de todos para que a nossa vida na Universidade seja uma expressão daquilo que desejamos para termos um mundo menos poluidor e mais compartilhado”, destaca o pró-reitor.

Você também pode gostar