9 de abril de 2011

TENENTE CARDIOLOGISTA SE EMPENHA NO PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL EM LAVRAS

Lavras/MG (08/04/11) – Como de praxe nas sextas-feiras na Guarnição Policial de Lavras, o 1.º Tenente QOS Luiz Ângelo (Médico Cardiologista), a partir das 08:00 reuniu-se com um grupo de Policiais Militares inscritos no PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional).

Em meados de 2.006, foi publicada a Resolução N.º 3899/06, (14/12/06) que Instituiu o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) na Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG) e estabeleceu a obrigatoriedade da implementação do PCMSO, com objetivo de promover e preservar a saúde dos policiais militares da ativa do Estado de Minas Gerais.
O programa compreende a identificação e o controle de riscos relacionados à execução das atividades policiais militares. Estabelece a realização obrigatória de exames médicos periódicos, objetivando a identificação precoce de possíveis agravos à saúde, bem como a adoção de medidas técnicas e administrativas que impeçam a progressão de alterações já identificadas e/ou possibilitem a reabilitação profissional do policial militar.

O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional compreende os seguintes procedimentos:

– Exames periódicos de saúde;
-Exames complementares diretamente relacionados a riscos ocupacionais específicos para cada atividade policial militar;
– Exames de prevenção do câncer de próstata;
– Exames de prevenção do câncer ginecológico (mama e colo de útero);
– Exames de prevenção do câncer colo-retal;
– Exames de prevenção de doença cardiovascular;
– Indicação de outros exames médicos, conforme necessidade clínica;
– Exame de readaptação profissional (casos egressos da Junta Central de Saúde da PMMG);
-Imunização contra hepatite B e tétano, conforme Instrução de Saúde específica.

Os exames periódicos de saúde serão realizados anualmente, independentemente da idade e função do policial militar, constando de entrevista, exame clínico e análise de exames complementares indicados.

O Núcleo de Assistência Integral à Saúde (NAIS/6.ª RPM), cumprindo o que rege a citada norma, no decorrer do ano procura avaliar/acompanhar seus colaboradores através das ações previstas no PCMSO/PMMG.

Assim, antes de atender aos Policiais Militares no gabinete médico, o Ten QOS Luiz Ângelo (Cardiologista), toda sexta-feira realiza uma palestra de conscientização aos pacientes militares, cujo tema é: “FATORES DE RISCOS PARA O INFARTO AGUDO NO MIOCÁRDIO”.

Durante a palestra, o competente Oficial Cardiologista Policial Militar explica detalhadamente sobre os fatores de risco e proteção nas questões afetas à saúde e qualidade de vida dos Policiais Militares inscritos no PCMSO/PMMG.

Além das orientações repassadas pelo Oficial do Quadro de Saúde, algo que ficou transparente e cristalino para os Policiais Militares inscritos no PCMSO/PMMG, foi da importância de um Núcleo de Assistência á Saúde devidamente equipado e composto por diversificados profissionais da área de saúde para atender a família policial militar… algo de valor incalculável… afinal, trata-se de qualidade de vida e um fator de proteção!

Após brilhante explanação, o Ten QOS atendeu aos pacientes militares no consultório do Núcleo de Assistência à Saúde (NAIS/6), diagnosticando os exames realizados, solicitando exames complementares, receitando remédios, repassando orientações médicas e outras providências necessárias, enfim, zelando pela saúde e bem-estar do servidor militar da Guarnição de Lavras.

PMMG – UMA AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DA PAZ SOCIAL, QUE ZELA PELA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA DE SEUS COLABORADORES.
Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional do 8.º BPM