Saúde confirma 5ª morte por febre amarela no Sul de Minas

15/02/2018
Foto: Folhapress

Secretaria de Estado de Saúde confirmou em novo boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (15) mais uma morte por febre amarela no Sul de Minas. O caso confirmado é de um terceiro morador de Conceição dos Ouros (MG) que morreu em decorrência da doença. Outras duas mortes já tinham sido confirmadas na cidade anteriormente.

Com esse caso, o número de casos de febre amarela no Sul de Minas sobe para 10, com cinco mortes.

Mortes confirmadas:

  • 1 morador de Poço Fundo
  • 1 turista de São Paulo que esteve em São Tomé das Letras
  • 3 moradores de Conceição dos Ouros

Casos confirmados sem morte:

  • 1 em Poços de Caldas
  • 1 em São Sebastião da Bela Vista
  • 3 em São Tomé das Letras

A Secretaria de Saúde Estadual confirmou também que a morte de um morador de Poço Fundo e de uma paciente que teve alta em Poços de Caldas foram casos importados do Estado de São Paulo.

Em todo o estado, já são 183 casos confirmados de febre amarela, com 76 mortes.

Febre amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

*G1

Você também pode gostar