Presos que esperavam transferência na Delegacia de Lavras são levados para presídio em Boa

19/07/2018
Jovem está preso em delegacia aguardando transferência para presídio em Lavras (Foto: Reprodução EPTV)

Os dois presos que estavam na Delegacia de Lavras (MG) esperando a transferência para uma unidade prisional foram levados para o Presídio de Boa Esperança (MG) na noite desta quarta-feira (18). Superlotado e em condições precárias, o Presídio de Lavras foi interditado pela Justiça.

Com a falta de vagas, os dois presos tiveram que aguardar na sala de refeição da delegacia, algemados pelos pés. À noite eles ficavam em uma cela, sem banheiro, sem luz e janela, que mal tem espaço para dois colchões. Um deles, preso na tarde de segunda-feira (16), ficou nessas condições por mais de 50 horas.

A família do detento denunciou o caso depois de descobrir, um dia depois, que ele ainda estava na delegacia e teria passado a noite sobre um banco.

O Presídio de Lavras foi interditado em maio por causa das condições precárias das instalações elétricas, de esgoto e também por causa da superlotação. Com capacidade para 89 detentos, a unidade já está com 300. Apesar do impasse, a juíza que determinou a interdição disse que já vem lutando pelas melhorias no presídio desde 2015 e que não vai abrir mão da decisão.

No Sul de Minas, os presídios de Campo Belo e Bom Sucesso também sofreram interdições por causa da superlotação. Na quarta-feira, a Secretaria de Administração Prisional disse que esse é um problema não só do estado, mas de todo o país e informou que as unidades prisionais de Minas Gerais têm 40 mil vagas, mas atualmente abrigam cerca de 70 mil detentos. A SEAP também disse que vem tratando o caso com a Polícia Civil e o Poder Judiciário para resolver a situação.

Fonte: G1

Você também pode gostar