Lavras,
29/07/2014 21:32
26, janeiro 2010 - 0:00:00

Poços de Caldas: Corpo é resgatado na represa de Palmeiral

26-01-2010 08:35:03

agoga4_120Adriana Rodrigues/Jornal da Mantiqueira

Foi resgatado ontem pelos bombeiros de Poços de Caldas o corpo encontrado boiando na represa de Palmeiral. A vítima foi identificada por familiares como Sebastião Joviano de Carvalho. A princípio se trata de um caso de afogamento, mas somente após a conclusão do laudo de necropsia a polícia poderá confirmar a causa da morte.

O lavrador Claudir Butem, 35 anos, foi quem encontrou o corpo e acionou a Polícia Militar. “Eu cheguei em casa do trabalho, tomei um banho e enquanto fumava fui até perto da represa quando vi uma coisa na água que pensei ser uma almofada”, contou. Mais próximo da margem, Butem percebeu que se tratava de um corpo e imediatamente procurou o destacamento PM comunicando o caso.

O comandante do destacamento de Palmeiral, cabo Cremasco, contou que com uma canoa foi até o local indicado por Butem, onde confirmou ser verdadeira a denúncia e solicitou ao Corpo de Bombeiros de Poços uma guarnição para remoção da vítima.

“Fomos acionados às 17h50 e quando chegamos a Palmeiral o corpo estava boiando a cerca de 10 metros da margem”, disse o cabo Maciel, da Companhia de Bombeiros de Poços. “Trata-se de um homem, aparentando cerca de 60 anos, vestindo calça de moleton e camiseta de malha, mas que não porta nenhum documento”, complementou.

A perita Daniela da 2a Delegacia Regional de Polícia Civil examinou o corpo e disse que a principio não foi detectado na vítima nenhum sinal de violência. “Entretanto só teremos mais dados sobre o que ocasionou a morte depois do exame feito pelos legistas. O corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Poços de Caldas”, explicou.

O policial cabo Cremasco disse à reportagem que Carvalho era alcoólatra e vivia em um asilo da cidade. “Durante o trabalho de perícia, algumas pessoas que acompanhavam a movimentação policial identificaram a vítima como sendo um morador da cidade, conhecido pelo apelido de Tião Bota”. Carvalho, segundo Cremasco, foi internado no último sábado em um hospital de Botelhos. Depois de ter alta ele voltou a Palmeiral e até ontem, quando o corpo foi encontrado, ninguém havia dado por sua falta.

O corpo foi trazido para o IML de Poços e hoje deve ser levado novamente para Palmeiral onde será sepultado. Familiares não souberam dizer ao certo a idade de Carvalho, mas acreditam ser em torno de 60 anos, e nem afirmar se ele deixa ou não filhos.