PM em Lavras se torna autossuficiente em energia elétrica

20 de março de 2017
Foto e texto: PMR Divulgação

A Polícia Militar de Minas Gerais, por meio da 6ª Cia PM Ind MAT, dá um passo em sustentabilidade e economia dos recursos financeiros estaduais com a implantação de um sistema fotovoltaico em Lavras.

Com o sistema em uso, toda a demanda de energia elétrica é suprida, sendo o excedente produzido injetado na rede de energia elétrica da CEMIG.

O sistema fotovoltaico é uma fonte inesgotável de energia elétrica uma vez que a produção é a partir da irradiação da luz solar, podendo ser produzida mesmo em dias nublados ou chuvosos. Quanto maior for a radiação solar maior será a quantidade de eletricidade produzida.

Além de toda a economia para os cofres públicos, a 6ª Cia PM Ind MAT ainda contribui com a minimização do aquecimento global, uma vez produzindo energia de forma renovável economiza no consumo de energia produzida por usinas hidrelétricas ou termolétricas.

Os sistemas fotovoltaicos integrados às edificações urbanas e conectadas à rede oferecem diversas vantagens para o sistema elétrico de um país, muitas delas relacionadas à redução de custos e que ainda não são consideradas ou quantificadas. Podemos citar:

  • Redução de perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida;
  • Redução de investimentos em linhas de transmissão e distribuição;
  • Baixo impacto ambiental;
  • Fornecimento de maiores quantidades de eletricidade nos momentos de maior demanda (ex.: o uso de ar-condicionado é maior ao meio-dia no Brasil, quando há maior incidência solar e, consequentemente, maior geração elétrica solar);
  • A não exigência de área física dedicada; e
  • Rápida instalação devido à sua grande modularidade e curtos prazos de instalação, aumentando assim a geração elétrica necessária em determinado ponto ou edificação