Parque Francisco de Assis lança campanha para castração de cães de rua

15/02/2017

 

 

A castração é a forma mais eficiente, humanitária e descente de evitar o sofrimento dos animais e da proliferação de zoonoses. Por essa razão, o Parque Francisco de Assis de Lavras lançou uma nova campanha de castração que pretende atingir 500 cães de rua, evitando que 6 mil filhotes voltem para as rua da cidade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde a castração é a forma mais eficiente de controle populacional de cães e gatos abandonados. Isso porque um casal pode gerar em 10 anos mais de 80 milhões descendentes que morrerão de fome, frio, sede e vítimas de maus tratos. Além disso, podem ser causa de problemas de saúde pública, que jamais serão resolvidos com a morte desses animais. A castração é a forma mais eficiente, humanitária e descente de evitar o sofrimento dos animais e da proliferação de zoonoses.

Localizado às margens da BR 265 no km 341, o parque acolhe cães de rua abandonados, doentes e maltratados. Com amor os recupera, castra e encaminha para adoção. Esse trabalho desenvolve as consciências em relação a cuidados, posse responsável, castração de animais e também em como viver em equilíbrio com o meio ambiente, educando quem procura o canil para abandonar seus animais velhos ou doentes, ou simplesmente porque se cansaram deles.

A entidade possui duas enfermarias para cães portadores de doenças infectocontagiosas e uma enfermaria outros em pós-operatório, sala cirúrgica, ambulatório, sala de expurgo, farmácia, depósito de ração, almoxarifado, cozinha dos animais, sala de banho e tosa, lavanderia, rouparia, banheiros e refeitório para voluntários e funcionários.

Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas pelo site https://www.kickante.com.br/campanhas/castracao-de-animais-de-rua-5 e o Facebook da entidade (  https://www.facebook.com/pfranciscodeassis/?fref=ts ).

Você também pode gostar