Murilo Rubião é homenageado na Biblioteca Pública Estadual de MGs

10 de junho de 2017

 

 

Para encerrar as comemorações ao centenário do escritor e jornalista Murilo Rubião, uma escultura do ícone da literatura foi inaugurada na manhã deste sábado na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, no Circuito Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O evento conta com a abertura da exposição “Absurdus: Murilo Rubião 100 Anos”.

Criada pelo artista plástico Leo Santana, a estátua foi feita de bronze em tamanho real e instalada próximo as esculturas de Fernando Sabino, Hélio Pellegrino, Otto Lara Resende e Paulo Mendes Campos. A obra foi posicionada de forma a sugerir ao encontro entre os autores. Na escultura, Rubião segura um exemplar do “Suplemento Literário de Minas Gerais”, publicação criada por ele há mais de 50 anos.

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, destaca a força da figura do escritor homenageado nos dias atuais. “Murilio foi o mais velho amigo dos quatro cavaleiros e deixou realizações com esse realismo mágico. Ele é um marco em Minas Gerais, no Brasil e na América Latina”, disse.

Exposição

A exposição “Absurdus: Murilo Rubião 100 Anos” será aberta ao público a partir de hoje e ficará até 31 de julho com entrada gratuita. Com curadoria de Fabíola Moulin e Marconi Drummond, a mostra repassa diferentes aspectos da obra e da trajetória do escritor por meio de cartas, documentos, vídeos, animações, objetos que pertenceram ao escritor, instalações e outros suportes.