Lavras,
29/08/2014 17:15
13, dezembro 2011 - 10:47:29

Detentos de penitenciária não terão saída temporária de fim de ano

Passar o Natal com a família e comemorar as festas de fim de ano com amigos e familiares é algo que grande parte dos brasileiros gosta de usufruir, no entanto, nem todos podem.
 
 
Isso é o que acontece com os quase 300 detentos que estão no presídio de Poços de Caldas. Neste ano não haverá indulto e o juiz corregedor do presídio não concedeu o benefício de antecipação de saída temporária, que muitos presos gozam a cada 45 dias.
 
 
No último ano, os presos que estavam no regime semiaberto foram beneficiados com a antecipação da saída temporária e uma parte deles pode passar o Natal com a família e outra parte pode passar o réveillon.
 
 
Neste ano, o juiz corregedor não concedeu o benefício, porque os detentos em regime semiaberto, normalmente, têm direito a cinco saídas anuais. No último ano, o juiz antecipou a saída temporária, mesmo antes de completar os 45 dias que são de praxe. Desta vez, não houve isso e muitos não sairão nesta época de Natal e Ano Novo.
 
 
Em 2010, houve a “saidinha temporária”, como é conhecida popularmente, por menos tempo do que em 2009, numa tentativa de prevenção, visto que há dois anos, cerca de 15 presos foram liberados por 14 dias para passarem o Natal e o Ano Novo com a família e quatro não retornaram ao presídio.
 
 
Para 2012, ainda não se sabe se haverá indulto, visto que a publicação deve sair no próximo mês de janeiro. O indulto é um benefício concedido pelo presidente da República.
 
Fonte: Poços Hoje