Corpo de Bombeiros faz operação para fiscalizar prédios públicos sem projetos de incêndio

10/09/2018
Corpo de Bombeiros faz operação para fiscalizar prédios públicos sem projetos de incêndio no Sul de Minas (Foto: Reprodução/EPTV)

O Corpo de Bombeiros começou nesta segunda-feira (10) uma operação que vai fiscalizar prédios públicos sem projetos de incêndio. Essa é uma medida tomada depois do incêndio que destruiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, na semana passada. No Sul de Minas, a operação acontece em pelo menos quatro cidades.

No entanto, o número de cidades pode ser maior, o que ainda não foi confirmado já que os bombeiros não divulgaram nenhuma informação oficial. Os militares estariam realizando o trabalho em Poços de Caldas, Alfenas, Passos, São Sebastião do Paraíso, Pouso Alegre, Ouro Fino, Borda da Mata, Monte Sião, Conceição dos Ouros, Santa Rita do Sapucaí, Lavras, Bom Sucesso, São Gonçalo do Sapucaí, Campanha, Guaxupé, Muzambinho, Monte Belo, Nova Resende, Juruaia, São Pedro da União, Guaranésia e Arceburgo.

Em todo o estado, 300 a 350 edificações devem ser vistoriadas. A ação já faz parte da força-tarefa criada pelo governo na semana passada para verificar as condições dos equipamentos culturais e orientar sobre prevenção a incêndios. Prédios públicos, museus e casas da cultura, principalmente os museus, serão vistoriados.

No último dia 6, o governo do estado publicou um decreto criando uma força-tarefa com a finalidade de promover a mobilização e a ação coordenada dos órgãos e entidades estaduais para a adoção de medidas imediatas de prevenção aos riscos contra o patrimônio cultural e equipamentos públicos no âmbito do estado.

Ainda segundo o decreto, compete à força-tarefa realizar levantamento de dados, emitir relatórios, apresentar conclusões, propor medidas corretivas e emergenciais, bem como recomendar a elaboração de projetos de segurança contra incêndio e pânico. Os trabalhos da força-tarefa deverão ser concluídos em até 60 dias.

~G1

Você também pode gostar